Novidade
Valle de Passos
Rosé
2016
Trás-os-Montes
Preços
Sócio
8,08 Gfa
48,48 Cx
Não Sócio
8,50 Gfa
51,00 Cx
Vendido em cx de 6 gfa x ()
  • Notas de prova

Cor rosa-cereja aberta. Aroma jovem, notas de frutos vermelhos com um toque mineral. Na boca é fresco, boa acidez e bom volume de boca, confirma os aromas. Final agradável.

Designação Oficial: 
D.O.C.

Temperatura de Serviço: 

8/10ºC

Teor alcoólico: 

13.00%vol

Longevidade: 

2 a 3 anos

Harmonizações: 

  • Comida italiana |
  • Oriental |
  • Enchidos.

Situações de consumo: 

Com a refeição
Sozinho
Vinificação: 
Suave prensagem. Fermentação em inox com temperatura controlada durante 20 dias. Colagem e filtração antes do engarrafamento.
  • Castas
  • Região
  • Enólogo
  • Produtor

Tinta Amarela

Touriga Franca

Touriga Nacional

Trás-os-Montes

collapse

Já durante a ocupação dos romanos se cultivava a vinha e se produzia vinho na região de Trás-os-Montes, tornando-se estes conhecidos e apreciados pelas suas qualidades.

A oriente do Minho e até à fronteira espanhola com a qual também confina a Norte, estende-se uma vasta região que termina na margem esquerda do Douro, onde começam as Beiras.

Os solos desta região são predominantemente formados por xistos pré-câmbricos e arcaicos, com algumas manchas graníticas, existindo numa pequena área manchas calcárias de gneisses e de aluvião.

Os vinhos da Região de Trás-os-Montes são bastante diferenciados, em função dos microclimas em que têm origem (altitude, exposição solar, pluviosidade, temperatura, etc.).

Assim, na zona Norte, encontramos a DO Trás-os-Montes com as suas sub-regiões "Chaves", "Valpaços" e "Planalto Mirandês".

O vinho com indicação geográfica, comummente designado por Vinho Regional "Transmontano" produz-se em toda a região de Trás-os-Montes.

Observações dos produtores acerca deste vinho: 
Vinhas velhas, castas tradicionais, vinhas novas plantadas com rigor. Uma grande vontade de fazer bem e expressar as particularidades de Trás-os-Montes. A Quinta Valle de Passos é um novo projeto que tem como objetivo criar vinhos que representem tudo o que de bom e diferente esta região pode produzir.

Quinta Valle de Passos

collapse

A Quinta Valle de Passos é um projeto vitivinícola situado numa região histórica e com uma estória própria, que se reflete nos seus vinhos.
A Quinta Valle de Passos situa-se na região de Trás-os-Montes, mais concretamente, no concelho de Valpaços. É uma propriedade com sensivelmente 80 hectares, sendo 50 de vinhas e destes, cerca de 3 são de vinhas velhas com aproximadamente 50 anos. 
A história da família sempre esteve muito ligada à agricultura – em especial à vinha- possuindo, desde há 3 gerações alguns hectares na zona do Vale da Vilariça (vinhas essas que, de momento, não estão a ser exploradas). No entanto, a vinha era tratada e as uvas eram na sua maioria vendidas, ficando apenas uma fracção residual para para consumo próprio. No final de 2013 surgiu a oportunidade de adquirirem os referidos 80 hectares, tendo sido tomada a decisão de investir num projecto vitivinícola, com a produção de vinho com marca própria – Valle de Passos.
As castas plantadas são tipicamente portuguesas, como a Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinta Amarela nas castas tintas, e Côdega de Larinho, Viosinho e Gouveio nas castas brancas. Além das castas bem adaptadas ao lugar, os solos são ideais para a cultura da vinha, com cotas que garantem vinhos frescos e equilibrados.